SOBRE

História da fundadora

 

É uma história de família que começou em 1946 com Thérèse Cornille, fundadora da Associação Clara Amizade. Mulher do norte da França, ela participou da vida missionária da Igreja no movimento da Juventude Operária Católica (JOC). Ela se engajou totalmente e foi tocada pelo sofrimento de numerosas moças mergulhadas em grandes dificuldades nesse período de pós-guerra.
Durante um encontro com o Cardeal Liénard da cidade de Lille, Thérèse lhe disse: “Precisamos de uma casa na qual as jovens poderiam viver como se estivessem em família.” …para reencontrar formação, trabalho, novas relações e ressurgir no percurso de suas vidas. A sua descrição é tão eloquente que o Cardeal muito emocionado respondeu: “Minha filha, não é um conselho do seu bispo, é uma ordem: faça esses lares!”
O apelo do Cristo ecoou nessas palavras. A decisão de Thérèse está tomada. Ela dedicará toda a sua vida a realizar essa missão. O modelo era a sua própria família: “Em nossa casa, éramos pobres, mas nos amávamos.”

Sobre Nós

 

A Associação “Os Amigos de Clara Amizade Brasil-Bahia” (AACBA), constituída em 13 de maio de 2000, é uma entidade sem fins lucrativos, reconhecida de utilidade pública municipal e estadual. Esta associação foi criada por iniciativa da Association “Claire Amitié” (Associação Francesa Missionária), que teve como fundadora Thérèse Cornille.
A partir do pedido do então Cardeal Arcebispo de Salvador, Dom Lucas Moreira Neves, foi possível a implantação do Programa de Educação Global e Capacitação Profissional Clara Amizade e, consequentemente a abertura da Casa Sede, local inicialmente destinado ao acolhimento e formação das participantes. À medida que a quantidade de inscritas foi aumentando, a Casa Sede não pode comportar tantas participantes as comunidades acolheram a AACBA disponibilizando espaços nos seus Centros Comunitários, conferindo legitimidade ao Programa.
Atualmente o projeto Clara Amizade atua nos centros comunitários, acolhendo e formando crianças, adolescentes, jovens e adultos, com idade de 8 á 29 anos de idade. Os educandos são oriundos da região periférica de Salvador vetor norte (Itapuã e adjacências – Piatã, Baixa do Dendê, Baixa da Soronha, Nova Brasília, Baixa do Tubo, Alto do Coqueirinho, Bairro da Paz e São Cristóvão), onde o desemprego, a desestruturação familiar e a violência estão crescendo de forma constante. As drogas e o tráfico estão presentes em todo canto e atingem os adolescentes cada vez mais cedo. O turismo sexual exerce também uma forte atração nesta região de praias. A prostituição representa uma provocação constante para quem não tem dinheiro. Os pais têm dificuldades para proteger seus filhos de tantos perigos. A maior parte das adolescentes são afro-descendentes e 45% (quarenta e cinco por cento) vivem sem o pai. Esta difícil realidade interfere muito em suas perspectivas de vida. Sendo assim, a proposta da AACBA é acolher crianças, adolescentes, jovens e adultos apresentando-lhes as oportunidades à medida que despertam as suas capacidades e habilidades para se tornarem pessoas responsáveis nos planos pessoal, familiar e cívico.

Missão

Promover o desenvolvimento global de crianças, adolescentes, jovens e adultos em situação de vulnerabilidade social.

Visão

Ser referência nacionalmente;

Ser referência na formação em direitos humanos;

Ser referência em fidelização junto aos parceiros;

Ser referência em sustentabilidade;

Ser referência em possibilitar que pessoas em situação de vulnerabilidade social transformem seus sonhos em realidade.

 

Valores

Acolhida

Respeito

Ética

Transparência

Inovação

Flexibilidade

Profissionalismo

Compromisso.

 

Internacional

Claire Amitié internacional tem mais de 1500 jovens acolhidos em três continentes  África, Ásia e américa latina.  É uma associação que gerencia e desenvolve a nível internacional a obra iniciada na  França por sua fundadora Thérèse Cornille.

Presente no em cinco países da África: Senegal (1961) em Kaolack e Thies (1981) na Costa do Marfim  (1966) em Bouaké, Niger (1971) em Niamey,  Burkina Faso (1991) em bobo Dioulasso e Benin (2003) em Cotonou.

Na França são acolhidos anualmente em oito casas: Paris, Nogent, Bry, Champigny/Marne, Nancy, Laxou e Troyes.

Na Ásia:  Phnom Penh essas meninas trabalham em fábricas têxteis.  Elas encontram uma acolhimento personalizado, compartilhando refeições juntos, acompanhamento médico, diversos cursos e formação humana.

Segundo as realidades a associação desenvolve diversas atividades, mas a sua missão é promover o desenvolvimento de crianças, jovens, adolescentes e mães em situação de vulnerabilidade social, visado a integração social e profissional. Os jovens recebem formação básica: alfabetização, economia social e familiar, saúde e higiene, cursos de informática, atividades culturais e formação humana, levando em conta todas as dimensões de seu ser. No final destas formações os jovens obtêm diplomas reconhecidos pelo estado.

 

Acesse: http://www.claireamitie.org

Formação humana

 

As atividades culturais têm como objetivo contribuir com os educandos (as) no conhecimento geográfico, histórico, ambiental e cultural da cidade, do estado e do país. A Instituição Clara Amizade proporcionará durante o tempo em que os educandos estiverem participando dos cursos, atividades de convivência tais como, passeios e encontros de formação, através das quais os mesmos terão a oportunidade de se conhecerem melhor. As atividades de formação fazem parte da proposta institucional, denominada Educação Global, cujo objetivo é a formação pessoal, profissional e cidadã do público-alvo. Para tanto, utiliza-se de conversas informais, rodas de conversas, seminários com abordagem de assuntos diversos tais como, sexualidade/afetividade, drogadição, gravidez precoce, relação familiar, escolarização, empreendedorismo, profissionalização, dentre outros.

 

Momento de Espiritualidade

O momento de espiritualidade é uma oportunidade de encontro com o que há de profundo e abstrato no que se refere à fé de cada individuo que vivencia a formação global e capacitação profissional da Clara Amizade. Além disso possibilita direcionar uma reflexão sobre o dom da vida como dom gratuito de Deus, sob a ótica das diversas religiões e cresças. Nesta ocasião entrosam-se pessoas despertando para vivência do amor, da concentração, do respeito à diversidade, solidariedade, gratidão, compaixão e acolhimento mútuo.

 

Vocações


A vocação na Clara Amizade é realizada por Missionárias chamadas por Deus, ofertando as suas vidas a Cristo, no celibato, numa vida de oração e serviço. Elas são engajadas em comunidade, em Igreja e no mundo para trabalhar em prol da promoção humana, espiritual e cristã da juventude. A Espiritualidade nasceu da experiência missionária de Thérèse Cornille e da vocação confirmada pela igreja para trabalhar a serviço da educação integral das jovens em dificuldades. Inspirada por Maria de Nazaré, renovamos o SIM a cada dia.

Envolva-se

Voluntários

Seja um voluntário! Através da realização de diversas atividades, dedicando parte do seu tempo, de forma espontânea e sem remuneração alguma. O voluntário não pode ser imposto ou exigido e não é considerado estágio.

ler mais

Estudantes

Selecionamos estudantes universitário dos diversos cursos que estejam a fim de realizar estágio não remunerado, contribuindo para o desenvolvimento do nosso projeto e dos educandos assistidos. se tiver interesse entre em contato.

ler mais

Endereço

Rua Eduardo Santos, 01-Piatã
Salvador – BA 41650-075

Email

contato@claraamizade.org.br

Horários de Atendimento

(71) 3375-5135